Unindo-se aos Objetivos Globais e ao Pacto Global da ONU



A sustentabilidade é baseada em uma evolução contínua e consciente de nossos próprios limites, pontos fortes e prioridades. Ouvir e envolver-se com as partes interessadas são elementos fundamentais na construção de um caminho que cria valor compartilhado ao longo de toda a cadeia de suprimento. Com isso em mente, a Lavazza deu as boas-vindas aos princípios globais de sustentabilidade estabelecidos pelas Nações Unidas.



Lavazza e o Pacto Global da ONU

O Pacto Global é uma iniciativa das Nações Unidas lançada no Fórum Econômico Mundial em Davos, em 1999, por Kofi Annan. Nasceu com o objetivo de alinhar, pela primeira vez, a comunidade internacional e o mundo dos negócios para enfrentar os desafios da globalização.

 

Com a sua entrada no Pacto Global, em 2017, a Lavazza juntou-se a uma rede de mais de 9.000 participantes, do setor privado e além, de mais de 135 países envolvidos na promoção e implementação de 10 princípios éticos divididos em categorias: “Respeito pelos direitos humanos”, “Respeito ao meio ambiente”, “Luta contra a corrupção”. A Lavazza é inspirada por esses valores para promover, juntamente com seus colaboradores, a sensação de pertencer a um projeto de desenvolvimento sustentável e sólido.

 

 

IR PARA O SITE

Lavazza e os Objetivos de desenvolvimento sustentável

A Lavazza está empenhada em buscar os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas. A inovação sustentável, a luta contra as mudanças climáticas e o compromisso com a produção e o consumo responsáveis dão vida a um círculo virtuoso. Eles não só beneficiam o meio ambiente e a sociedade como um todo, mas também aprimoram a eficiência do ciclo de produção, reduzem os resíduos e limitam os processos antieconômicos – tudo isso enquanto beneficiam as margens das empresas.

Para a Lavazza, estes princípios não são negociáveis: não só porque o nosso produto deriva da transformação de matérias-primas vegetais potencialmente ameaçadas pelo fenômeno das mudanças climáticas, mas sobretudo devido às responsabilidades globais geradas pelos Objetivos para superar os meros interesses econômicos, liderando o caminho para um mundo mais ético e sustentável.

 

 

IR PARA O SITE