Síria
Um café... “para sempre”

Ao andar por uma cidade Síria, muitas vezes você verá reproduções de bules de café gigantes, porque os sírios consideram o café parte de seu estilo de vida, e é assim que eles gostam de mostrá-lo. O café é servido sempre em ocasiões importantes: de reuniões pré-nupciais de futuras esposas até rituais de purificação e funerais. O ritual de tomar café pode transformar mesmo uma visita comum a uma casa síria em uma ocasião solene. Como no Egito, o café na Síria é feito com água açucarada e, portanto, você precisa descobrir como seus convidados preferem a bebida antes de servi-la e, se necessário, fazer vários bules com diferentes quantidades de açúcar. O café amargo é reservado para cerimônias fúnebres, porque a ausência do açúcar reflete o tom sombrio da ocasião. Às vezes, quando as pessoas estão preocupadas com o futuro, elas viram a xícara vazia sobre o pires e esperam que os grãos de café formem padrões, que serão “lidos”. Embora servir café seja um dever agradável para o anfitrião, espera-se que os hóspedes respondam adequadamente: a palavra mágica é Daïmé, que significa “para sempre”, expressando a esperança de que a casa em que o café foi servido seja sempre repleta de abundância.

As receitas
Kahwa
Café turco com cardamomo
INGREDIENTES PARA 4 PESSOAS
2 dl de água
4 colheres de chá cheias de café misturado com cardamomo
Açúcar a gosto (opcional)
Preparação

Coloque a água em uma cafeteira turca, adicione o açúcar e o pó de café, e mexa suavemente. Leve a cafeteira ao fogo e deixe ferver. Quando o café começar a borbulhar e ficar espumoso no topo, remova-o do fogo. Usando uma colher de chá, coloque um pouco da espuma em quatro xícaras. Coloque a cafeteira de volta no fogo por alguns segundos, mas não deixe ferver. Despeje cuidadosamente o café nas xícaras para não desmanchar a espuma do café. É de bom gosto não adicionar açúcar depois que o café ferveu, de modo a não perturbar o sedimento que se forma na parte inferior do bule. O açúcar terá que ser adicionado à água antes que o café seja infundido. Isto significa que você precisa ter um bule de café para cada tipo de café: sem açúcar (murrah), pouco açúcar (mazboutah), ou muito doce (hilweh).


Baklawa
Massa folhada oriental com frutas secas
INGREDIENTES
500 g de massa filo
175 g de manteiga derretida
120 g de pistache Aleppo, picado
INGREDIENTES PARA O RECHEIO
1 kg de pistache picado Aleppo
1 colher de chá de água de rosas (opcional)
Para o xarope de açúcar (atar)
500 g de açúcar
370 ml de água
1 colher de chá de suco de limão
1 colher de chá de água de flor de laranjeira
1 colher de chá de água de rosas
Preparação

Unte uma forma retangular de aproximadamente 25 x 30 cm (10 x 12"). Coloque uma camada de 5-7 folhas de massa filo na assadeira, besuntando a parte superior com a manteiga derretida. Polvilhe os pistaches picados sobre a camada e cubra com 5-7 folhas de massa filo. Besunte a parte superior com manteiga derretida outra vez. Usando uma faca muito afiada, cortada em formas de diamante. Coloque a assadeira no forno a 150 °C (300 °F) e asse por cerca de 15 minutos até dourar. Enquanto isso, dissolva o açúcar na água com o suco de limão e ferva por cerca de 15 minutos, adicionando os extratos florais, se desejado. Quando a massa filo ficar pronta, retire do forno e coloque o xarope quente por cima, para que a massa absorva todo o xarope. Polvilhe a parte superior com pistache picado e sirva com uma xícara de café turco aromatizado com cardamomo.