VOLTAR
Meno di un minuto
A Cup With

Bruno Slastan

Gerente das quadras

 

Bruno é o responsável pelas quadras, o gerente de manutenção de todas as quadras de Roland-Garros.

 

Sentado com um cappuccino, ele fala do seu dia de trabalho: às seis da manhã, já está nas quadras, para tirar as cobertas depois da noite e prepará-las para o treino das oito horas. Após os jogos elas precisam ser arrumadas, um trabalho que pode levar a maior parte do dia, até às nove da noite.

 

 

O terreno é, na verdade, muito mais complexo do que pode aparecer na superfície: “Consiste numa primeira camada padrão, seguida de pedras acompanhadas por uma rede de drenagem, uma camada de entulho, calcário branco e, apenas no final, uma camada de tijolo esmagado.”

 

Bruno faz questão de enfatizar que não existe isso de quadra de primeira ou segunda classe: cada quadra é tratada com o mesmo cuidado e dedicação; claro, ele explica: “A quadra central exige mais trabalho por causa do tamanho, mas quem trabalha lá pode apreciar as melhores partidas.” É um trabalho que requer empenho e paciência, mas que pode trazer grande satisfação graças à atmosfera única apreciada durante o torneio, em que as pessoas que trabalham lá podem encontrar grandes campeões, do passado e presente.

 

Bruno Slastan
Bruno Slastan

Encontramos outros artigos que podem lhe interessar…

REVISTA
Voltei

Diário de Agassi

SAIBA MAIS
REVISTA
A ascensão

Diário de Agassi

SAIBA MAIS
REVISTA
O templo do tênis

Diário de Agassi

SAIBA MAIS
REVISTA
Quadra de saibro

Diário de Agassi

SAIBA MAIS
REVISTA
A final

Diário de Agassi

SAIBA MAIS
REVISTA
Vitória

Diário de Agassi

SAIBA MAIS
REVISTA
O saque

Dicas de tênis

SAIBA MAIS
REVISTA
O backhand

Dicas de tênis

SAIBA MAIS
REVISTA
A direita

Dicas de tênis

SAIBA MAIS
REVISTA
O jogo perfeito

Manifesto

SAIBA MAIS