VOLTAR
Un minuto
TheCoffeeBook

D de descafeinado

Publicado em 10 Julho 17

O café descafeinado é obtido pela extração de cafeína do grão enquanto ele ainda está verde, e subsequentemente tratando-o com processos similares aos usados para o café comum.

Podem ser utilizadas três abordagens diferentes para a extração: solventes orgânicos (diclorometano ou acetato de etilo), água ou dióxido de carbono (CO2 em estado líquido ou supercrítico).

 

Ao contrário dos dois primeiros métodos de descafeinização, que envolvem a eliminação da cafeína, mas também causam uma perda em termos de sabor, o uso de dióxido de carbono nos permite manter as características aromáticas do café inalteradas. Por isso este é o método que a Lavazza usa.

 

D come Decaffeinato
D come Decaffeinato

 

Durante a primeira fase do processo, os grãos são umedecidos com vapor e/ou água até que seja obtido de 30 a 50% de umidade. Então, eles são colocados em um cilindro de extração de gás, com gás em estado “supercrítico”: isso ocorre quando a temperatura e a pressão são tais que apresentam tanto as propriedades de um gás quanto as de um líquido. Desta forma, ele se espalha como um gás com as propriedades solventes de um líquido, conseguindo extrair a cafeína de maneira seletiva. O dióxido de carbono é então separado do alcaloide usando a água, repressurizado e reutilizado.

 

O ciclo termina com o café agora descafeinado a ser secado.

 

 

Encontramos outros artigos que podem lhe interessar…

REVISTA
S de sabor

SAIBA MAIS
REVISTA
P de processamento

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
C de crema

SAIBA MAIS
REVISTA
B de Blend

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
C de café

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
R de robusta

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
I de intensidade

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
S de sabor

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
D de descafeinado

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
C de corpo

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS