VOLTAR
5 minuti
TheCoffeeBook

C de café

Publicado em 19 Julho 17

 

O café é uma bebida obtida da moagem das sementes da Rubiaceae, gênero Coffea, plantas tropicais cuja família inclui muitas espécies diferentes (aproximadamente 66) das quais apenas duas são cultivadas e colocadas no mercado principalmente: Coffea Arabica e Coffea Canefora, conhecido como robusta.

 

Uma xícara de café consiste na maior parte de água, tem uma ingestão calórica de 1 kcal e contém cafeína (1,2 > 4%), molécula que lhe dá a sua nota amarga característica, bem como as sensações de excitabilidade e vigilância que ela transmite àqueles que a consomem.

 

Especificamente, um café é composto de:

 

0,01% de cafeína

0,05% de lipídeos (cafestol)

0,05% carboidratos (glicose, frutose)

0,6% OUTROS: ácidos: ácido clorogênico, quinino, ácido cítrico

minerais: potássio, enxofre e magnésio

Vitaminas: A, E e K.

99,3% DE ÁGUA

 

 

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE UMA XÍCARA DE CAFÉ

Programa de pesquisa científica, Fundo Nacional do Café

a planta

O cafeeiro é uma dicotiledônea duradoura que produz flores e frutas e cresce em climas quentes, nos países entre o Trópico de Câncer e o de Capricórnio. 

As plantações do café exigem geralmente a água, especialmente durante a fase cheia da vegetação.

A fruta é uma drupa ovoide, de cor verde, se não madura e vermelho brilhante na maturação completa (para algumas variedades, a cor é amarelo intenso). A baga (igualmente chamada de cereja) tem um exocarpo externo (casca) e um endocarpo (polpa) que envolvem os dois grãos ou vagens, cobertos por sua vez por uma carcaça de pergaminho e mais internamente por uma membrana de filme prateado.

 

As duas espécies mais populares são:

C come caffè

Coffea Arabica

 

Esta espécie representa 70% da produção mundial e tem força da cafeína máxima de 1,4%. Como resultado, a qualidade arábica é mais aromática e leve no paladar, também se mostrando mais ácida.

 

Principais áreas de cultivo: Brasil, Colômbia, México, Guatemala, Etiópia e Índia.

C come caffè

Coffea Canephora (robusta)

 

Tem alta força da cafeína (1,7% > 4%), é menos aromático, mas caracterizado por um sabor residual amargo e corpo forte.

Seu cultivo representa 30% do total mundial e é geralmente mais barato do que a variedade arábica.

 

Principais áreas de cultivo: Vietnã, Indonésia, Índia, África e Brasil.

 

COMBINAÇÃO

É o processo de fusão de diferentes variedades de café, visando a criação de diferentes sabores e intensidades, mantendo uma qualidade constante.

 

Os tipos de blend são:

 

100% arábica: a acidez, o adocicado e os aromas mais refinados (por exemplo, cítricos e florais) são realçados.

 

Arábica e robusta: a qualidade robusta acrescenta corpo, uma nota amarga e as toques mais picantes de tabaco e chocolate amargo.

 

TORRA

Este é um processo crucial na produção de café, pois determina seus aromas característicos.

Consiste em adicionar calor aos grãos para aumentar, de acordo com perfis específicos, a temperatura e o tempo de cozimento.

 

C come caffè
C come caffè

Produção e comercialização

O café é comercializado em diferentes formas:

 

Grãos

Esta é a matéria-prima comprada diretamente pelo consumidor.

 

 

Moído

Os grãos passam por um processo de moagem.

O ponto de moagem do café (o seu tamanho dos grãos) varia de acordo com o tipo de preparação e a pressão através da qual a água extrai a bebida:

• Espresso: moagem fina (9 bar de pressão)

• Cafeteira moka: moagem média (0,6 > 0,8 bar de pressão)

• Filtro: moagem grossa do grão (força da gravidade)

 

 

Solúvel e instantâneo

Este é o produto seco obtido por extração de água de grãos de café torrados e desidratação subsequente.

 

Existem duas principais tecnologias para a produção de café solúvel:

• Liofilização: o café extraído é processado por congelamento e embalagem a vácuo

• Spray Drying: o café extraído é pulverizado em um canal de evaporação, vendido em sachês e pronto para ser dissolvido em água ou leite.

 

 

Dose única

Este é o sistema de acondicionamento com doses pré-definidas e um ponto de pressão exato para preparar uma xícara de café com uma cápsula ou módulo.

 

Encontramos outros artigos que podem lhe interessar…

REVISTA
S de sabor

SAIBA MAIS
REVISTA
A de amargo

SAIBA MAIS
REVISTA
E de espresso

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
T de torra

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
C de café

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
I de intensidade

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
M de moagem

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
R de robusta

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
A de arábica

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS
REVISTA
A de aroma

TheCoffeeBook

SAIBA MAIS