• Imprimir
  • Marcar

AS NOVAS CÁPSULAS ESPRESSO POINT

A partir de hoje, há mais um motivo para escolher as cápsulas Lavazza Espresso Point: são mais elegantes e mais respeitosas do meio ambiente. O gosto não muda, mas agora dá mais gosto.

A partir de hoje as cápsulas Espresso Point estão mudando de cor: de branco para preto. O que não muda é o sabor e a qualidade do café Lavazza, perfeito para as suas pausas no escritório.

Por que mudaram de cor?

O motivo é simples: queremos tornar a imagem da Lavazza cada vez mais coerente e reconhecível pelos nossos clientes. Por isto as cápsulas do Espresso Point passam a ser pretas, como as dos outros sistemas Lavazza BLUE e Lavazza A Modo Mio.

Assim, não apenas têm um estilo mais moderno e elegante, mas também são mais amigas do meio ambiente.

Vai mudar o sabor do meu café?

Os blends de café contidos nas cápsulas Espresso Point não mudam, nem o resultado na xícara que garante a mesma excelente qualidade Lavazza.

Quais são exatamente as vantagens?

Com as novas cápsulas Espresso Point a Lavazza diminui a utilização de polipropileno virgem e também o transporte de material, até menos 112 caminhões na estrada e 14.000 km percorridos.

Come a Lavazza está atuando no assunto da sustentabilidade ambiental?

Para garantir os altos padrões de qualidade e de sustentabilidade dos próprios produtos, a Lavazza, há alguns anos, implementou um percurso para a avaliação dos desempenhos ambientais de alguns produtos chave.

Neste sentido, a Lavazza tem adotado, há alguns anos, uma abordagem life cycle thinking (LCA, centrada num pensamento em termos de ciclo de vida) e realiza avaliações dos impactos ambientais dos produtos segundo as normas UNI EN 14040/44/67 através da metodologia do life cycle assessment (análise do ciclo de vida).
A abordagem LCA acarreta uma avaliação dos aspectos ambientais ao longo de toda a cadeia de valor partindo da matéria-prima e dos processos de elaboração nos países de origem do café, passando pelos estabelecimentos de produção, a embalagem, as máquinas de café, o transporte das matérias-primas e dos produtos acabados, até a eliminação do produto propriamente dito.

Que passos a Lavazza está dando pela sustentabilidade do sistema cápsula?

Para o sistema cápsula, a Lavazza tem avançado de duas maneiras: de um lato através da otimização das soluções atuais, ou seja, racionalizando os processos e diminuindo os desperdícios no processamento. Por outro lado, através da busca de materiais inovadores, com a primeira aplicação concreta com a cápsula compostável.

Outro âmbito de atuação é a valorização no final da vida, ou seja, a possibilidade de destinar à coleta diferenciada o invólucro e as embalagens usadas, através de experimentos com materiais novos e estruturas novas.